0

Úmbria – “O coração verde da Itália”

A Débora é uma amiga querida e que se mudou para a Itália há pouco tempo (quase um ano). Casada com um ítalo brasileiro, e mãe de dois meninos lindos, decidiram se mudar para a Itália, para a Perugia, cidade na qual a cunhada já residia.

Depois de me deixar mais apaixonada pela Itália, fiz o convite para escrever sobre a região que mora, a Úmbria, e ela gentilmente aceitou.

Este post é, portanto, duplamente especial: primeiro por ser feito por uma pessoa querida, e segundo, por ser o olhar mais carinhoso de quem reside na Úmbria.

Vamos ao que ela nos conta!

Relato da Débora:

Úmbria é localizada bem no centro da Itália, e é uma das poucas regiões sem acesso ao mar. Fica próxima à Toscana, Marche e Lazio (Região da capital Roma).

Suas paisagens, colinas e bosques preservados a levou ser chamada de “o coração verde da Itália”. Não está entre os pontos turísticos italianos mais divulgados pela mídia, por isso surpreende a cada descoberta.

A arte medieval e renascentista está bem presente na região, nos pequenos “borgos” (vila, vilarejos), nas igrejas centenárias, nos afrescos e arquitetura, como a Basílica de São Francisco de Assis, localizada em Assis, onde nasceu e viveu o santo.

Assis

Dentre os “borgos” mais belos da Itália, alguns se encontram em Úmbria. Vale à pena conhecer Spello, Corciano, Gubbio, Spoleto etc. No verão, acontecem festas típicas, conhecidas também como Sagras, dentro desses vilarejos medievais, com música, culinária, numa atmosfera incrível.

Perúgia é a capital da região, uma cidade fundada alguns séculos antes de Cristo, rica em história, que vai dos etruscos ao romanos. Conhecida também por abrigar muitos estudantes, inclusive estrangeiros.

Perugia (fonte de mármore)

Possui uma das universidades mais antigas da Itália (fundada em 1308). É conhecida também pela deliciosa fábrica de chocolate Perugina, que fabrica o famoso bombom Baci.  A capital também é sede de dois grandes eventos anuais, Úmbria Jazz e a Eurochocolate, que atraem visitantes de todo o mundo.

Úmbria é conhecida também pela gastronomia, marcada pelo bom azeite extra virgem, salames, trufas (tartufo) e vinhos. Oliveiras e vinhedos fazem parte da paisagem por onde andarmos na região.

Corciano

Possui também uma riqueza em águas, como o Rio Tevere e Nera, com a Cascata do Mármore com 160m de altura (a mais alta do país), e também o Lago Trasimeno, com 128km², alimentado só pela água da chuva.

Uma curiosidade, é que a maior árvore de Natal do mundo está em Úmbria. Montada nas costas do Monte Igino, em Gubbio, tem mais 650m de altura e é formada por cerca de 300 fontes de luz coloridas. É montada anualmente em dezembro e vai até meados de janeiro.

Por ser pouco habitada, Úmbria possui uma qualidade de vida e segurança, que a diferencia das regiões mais badaladas.

Spello

Por não ser muito grande, podemos fazer vários passeios bate e volta, conhecendo lugares épicos, com apenas uma mochilinha nas costas, sem gastar muito, com distâncias de 60km ou menos da capital Perugia. E a cada canto, uma surpresa, uma beleza a ser descortinada em Úmbria.

A Débora me disse que que viver na Itália é ter a sensação de estar em um filme, e vendo estas fotos, não dá para duvidar, não é mesmo?!

 

Eu já estive em Assis, e digo sempre que foi a maior experiência espiritual que tive. Não importa a sua fé, credo, religião: há uma energia diferente em Assis. Quer saber mais? Leia em Assis.

 

Vai para a Itália? Não deixe de ler os artigos seguintes:

Mantova

Sirmione: um tesouro no caminho

Na casa de Leonardo da Vinci

Cinque Terre

Roma

 

ORGANIZANDO SUA VIAGEM:

Buscando um hotel ou apartamento? No Booking você encontra diversas opções e ajuda o Blog a crescer sem qualquer custo na sua diária!

Pensando em uma #roadtrip pela Itália? Alugue seu carro com a Rentcars, parceira do Blog!

Para viajar para a Itália, você também pode fazer o PB4, ou mesmo com ele quiser fazer um seguro saúde, pode fazer a cotação com nosso parceiro: Seguro Viagem Allianz.

Já segue o blog nas redes sociais? Aproveite: curta e compartilhe!

Facebook:Um Olhar Novo

Instagram: @blogumolharnovo

Twitter: @UmOlharNovo

Matérias que você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário