0

Santa Leopoldina: um olhar pelo blog Caminha Gente

O blog Caminha Gente é formado pelo casal Ghaidy e Márcio, uma capixaba e um paulista, que após longos anos na Terra da Garoa, decidiram ficar no Espírito Santo por um tempo.

Dessa temporada no Espírito Santo nasceu o projeto Paulistando no ES, que tem como parceiro o Youtuber Roger, do Viagens do Roger. Percorrendo todos os municípios do Estado, querem levar o olhar paulista sobre as terras capixabas.

O projeto Paulistando no ES é realizado sem qualquer patrocínio. Por isso, se quiser ajudar, clique no link do Apoia-se e doe qualquer valor: o turismo capixaba agradece!

Nos mostrando uma cidade linda da serra capixaba, o Caminha Gente fala de Santa Leopoldina. O texto e as fotos seguintes são de autoria do blog Caminha Gente.

“SANTA LEOPOLDINA ES A CIDADE DO SOL E DAS ÁGUAS

Olá, seja bem vindo a uma das cidades mais históricas do Estado do Espírito Santo, Santa Leopoldina.

Um município que teve sua participação na história do Brasil Colonial e que ajudou a receber imigrantes e escreveu sua participação no desenvolvimento do Espírito Santo.

Portanto viaje um pouco por suas históricas ruas e casarões antigos e deleite-se com as belas cachoeiras que o município te oferece.

 

HISTÓRIAS DA CIDADE

Você sabia?

Antes de se chamar Santa Leopoldina o município se chamou Cachoeiro de Santa Leopoldina?

Ela recebeu esse nome devido á localização da sede se encontrar no local onde o rio deixava de ser navegável e se tornava encachoeirado.

A Colonização

Santa Leopoldina teve sua colonização iniciada em 1856, quando o conselheiro Couto Ferraz, autorizou a demarcação de uma área de 567km² a margem do Rio Santa Maria Vitória, para uma colônia de imigrantes.

Quem eram os imigrantes?

A colonização foi possível através de seus primeiros imigrantes Suíços e em seguida pelos Alemães, Pomeranos, Austríacos, Tiroleses e outras nacionalidades.

Santa Leopoldina já teve um Porto

Com ranchos de tropas, armazéns de carga, postos de abastecimentos e um rio navegável que levava a baía de Vitória, Santa Leopoldina chegou a ser a 3ª colônia mais populosa do império.

Tornou-se um porto de envio e recebimento de mercadorias.

Centro Histórico da Cidade

Com toda a movimentação da época, a cidade recebia famílias de posses e que foram formando suas riquezas, com isso surgiram luxuosos casarios ao estilo neoclássico que, com o tempo, aproximadamente em 1882, fez com que a colônia se emancipasse.

Hoje a rua principal da cidade possui belos casarios que fazem parte da sua história.

Preservados e tombados eles fazem do centro um charme para belas fotos e lembranças preciosas.

Santa Leopoldina possui o único Banco do Brasil do estado que possui a cor azul.

Devido a sua conservação e preservação de sua arquitetura e pintura original o prédio que era um grande armazém e hoje é ocupado pelo banco é um dos atrativos curiosos da cidade.

As casas e suas varandas preservam os brasões das inicias das famílias que ali moravam e hoje mexem com a nossa imaginação.

Contempla-los é maravilhoso, saber que estão ali há tanto tempo resistindo ao tempo e a tudo.

MÚSICO ILUSTRE E FILHO DE SANTA LEOPOLDINA

Conhece Jair Amorim?

Você já ouviu falar ou escutou a música do cantor Cauby Peixoto intitulada “CONCEIÇÃO” ?

Ou a música “ALGUÉM ME DISSE” um dos grandes sucessos da MPB eternizada na voz da cantora Gal Costa?

Então saiba que essas letras foram compostas por Jair Amorim, um dos filhos ilustres de Santa Leopoldina.

Em sua homenagem a escadaria mais charmosa e florida da cidade recebeu seu nome.

Visitantes fazem questão de tirar uma foto e guardar de recordação de um de seus momentos.

 

IGREJA SAGRADA FAMÍLIA

Em um alto morro, lá está ela, com sua arquitetura imponente a Igreja Sagrada Família é um ponto muito bom para observar a cidade.

A igreja está passando por reformas e conta sua idade através dos azulejos da época e seu piso desgastado pelo tempo.

A igreja é um dos lugares mais desejados dos noivos da cidade para realizar seu casório, pois fazem questão de se casar com a bela vista que ela proporciona.

 

O MELHOR CARNAVAL DO INTERIOR

Além de sua abundancia em cachoeiras a cidade também guarda outro titulo, do MELHOR CARNAVAL DE RUA DO INTERIOR.

Isso mesmo, todos os anos a cidade se enfeita para receber foliões de todo o estado e até mesmo de outros estados que vem ao município em busca do alegre carnaval de rua que ela proporciona.

Além das famosas e saudosas marchinhas de carnaval os bonecos gigantes enfeitam e fazem a alegria de quem escolheu brincar nas antigas e históricas ruas de Santa Leopoldina.

 

MUSEU DO COLONO

Um dos locais que você não deve deixar de visitar na cidade é o MUSEU DO COLONO, um lugar que guarda um grande acervo da história dos imigrantes na região.

O grande casarão foi inaugurado no ano de 1969 e pertenceu a família Holzmeister, família essa tradicional e que tinha grande influencia na região.

Hoje o grande casarão recebe visitantes interessados na historia da família e no que os imigrantes trouxeram para a região.

Por lá, encontra-se diversos instrumentos musicais, louças, mobiliário e uma grande galeria de arte que é impressionante.

Também tem a presença de fotografias de famílias que habitaram a região e que contribuíram para o crescimento do município.

A visitação é gratuita e a visita vale muito a pena.

CONTATO PARA AGENDAMENTO E INFORMAÇÕES

Contato: (27) 3266-1250

Endereço: Av. Presidente Vargas, 1501, Santa Leopoldina-ES

 

LOCAIS PARA VOCÊ SE HOSPEDAR E CONHECER

 

POUSADAS E CACHOEIRAS DA REGIÃO

A região de Santa Leopoldina é rica em cachoeiras, possui 11 cachoeiras para você escolher.

São elas Cachoeira da Fumaça, Cachoeira Holanda, Cachoeira das Andorinhas, Cachoeira do Recanto, Cachoeira Meia Légua, Cachoeira Rio do Meio, Cachoeira Moxafongo, Cachoeira Véu da Noiva, Recanto Família Gonoring, Sitio Tio André (Fazenda Fumaça, Parque Ribeirão.

Como são muitas e um fim de semana se torna pequeno, conhecemos a Cachoeira Moxafongo e a Cachoeira Véu de Noiva.

ECO PARQUE CACHOEIRA MOXAFONGO, PARA QUEM QUER PASSAR O DIA
O QUE O LOCAL OFERECE

Restaurante para família, piscinas naturais, passeios com quadriciclo (Grupo Quadriclub) e uma queda d’água incrível.

O caminho até cachoeira é de fácil acesso e em cinco minutos você pode apreciar e aproveitar do poço que ela oferece aos visitantes.

O local é raso, possui algumas pedras escorregadias, mas, com jeitinho você chega até lá.

A água é completamente transparente e você vê os pequenos peixes nadarem em volta de você, um verdadeiro show da natureza.

VALOR DE ENTRADA

É cobrado o valor de R$5,00 (cinco reais por pessoa) você aproveita o dia com a família e você pode levar o pet também para curtir o dia.

Horários e dias de funcionamento

Alta temporada: Quinta á Domingo das 09h as 17h

Baixa temporada: Sábados e Domingos das 09h as 17h

Quadriciclos

Os quadriciclos fazem trilhas pela região e os valores e os agendamentos devem ser feitos diretamente com o Grupo Quadriclub.

As saídas são do Eco Parque Moxafongo.

Acesse o Site clicando aqui www.quadriclub.com.br e conheça os serviços prestados por eles.

Contato

(27)9.9972-2166 – Thiago (27)9.9963-0790 – Bárbara

Restaurante

O valor do restaurante é a quilo e está no valor de 40,00 (cotação feita no mês 01.2018).

 

PARQUE CACHOEIRA VÉU DE NOIVA PARA PASSAR O DIA OU SE HOSPEDAR

O local é como um parque aquático e te oferece pousada, camping e uma área de piscinas naturais e toboágua.

Além de possuir uma trilha em meio a mata e que apresenta a gigantesca queda de água da Cachoeira Véu de Noiva, um verdadeiro espetáculo.

Na estrutura você também conta com restaurante que serve porções e à la carte no jantar. No horário do almoço é servido no modo Self-Service e o valor é R$44,90 ( quarenta e quatro reais e noventa centavos o quilo).

PARA QUEM SE HOSPEDA NA POUSADA

A pousada oferece suítes com varanda que dão de frente para a bela vista verde do parque.

Também tem a possibilidade de se hospedar em uma das suítes master que possui hidromassagem, para uma noite romântica.

Todas as suítes possuem ar condicionado, frigobar, banheiros com água quente, cama de casal e uma de solteiro auxiliar e TV.

A pousada oferece:

Café da Manhã

O café da manhã apresentado é no estilo interior e oferece fartura que vem acompanhado de sucos, café, leite, pães, bolos, queijos e muita simpatia dos colaboradores.

Para quem está no camping também pode participar pagando o valor de R$20,00 (vinte reais por pessoa) ou escolhendo o café individual no cardápio.

 

AOS QUE PREFEREM ACAMPAR

CAMPING

O camping é bem equipado e possui postes com iluminação e tomadas.

Tanques para lavagens de louças e banheiros com duchas quentes e área para lavagem de roupas.

O valor do Camping é 30,00(reais) a diária.

 

PARQUE AQUÁTICO

A parte aquática do parque é muito divertida e as crianças vão adorar.

Com toboágua, grande lago e piscinas para crianças o dia da diversão está garantido.

Também tem uma área para quem não abre mão de pegar um bronzeado.

Uma das atrações que me chamou atenção foi á cascata formada pela água que vem do rio que fica mais acima, um espetáculo.

Tudo é raso, a água fica na altura da cintura e isso ajuda a vigia e dá mais segurança aos pais com as crianças maiores.

ATENÇÃO

Para chegar ao pé da cachoeira você atravessa diversas pedras bem escorregadias, por isso toda á atenção é pouca.

Não indico a chegada até lá para idosos, gestantes e crianças.

O melhor e mais seguro é admira-la de onde termina a descida da trilha.

A vista é tão magnífica que já valeu á pena está ali.

Informações:

Para acessar os valores da pousada e os demais valores acesse o site da pousada clicando aqui.

Contato:

(27) 3338-0037

E-mail: contato@cachoeiraveudenoiva.com.br

Valor para visita:

Visita de até uma hora: 5,00 (reais)

Passar o dia: 10,00(reais) em feriados 12,00(reais)

Hóspedes da Pousada e clientes do Camping não pagam entrada.

Horário de Funcionamento

Área do Parque: Seg. à Seg. das 08h as 17h

Pousada e Camping: Sexta a Domingo

Restaurante: Sab. Dom. e Feriados das 11:30h às 15h.

Bar: Seg. á Seg. das 08h às 17h

Não são permitidos:

  • Alimentos e bebidas nas dependências do parque, exceto na área de camping.
  • Animais de estimação.
  • Som automotivo.

 

O MUNICÍPIO

O município de Santa Leopoldina é encantador e sua história impressiona quem o visita.

Venha conhecer as belezas do Estado do Espírito Santo e ver de perto o povo hospitaleiro e que te recebe de braços abertos.

Por toda a cidade você encontra gente disposta a bater um papo, te apresentar a arte, cultura e gastronomia.

Venha e descubra as belezas que o Espírito Santo tem para apresentar para você.”

 

Quer conhecer Santa Leopoldina?

Vale muito um bate-volta de Vitória até lá. Ou quem sabe, conhecer mais da região serrana e passar alguns dias por lá. Para ver hotéis na cidade, clique aqui.

 

Este post faz parte do projeto: “Espírito Santo: outros olhares”. Você pode acompanhar todos com a busca pela tag #outrosolhares

 

Outros posts do projeto “Espírito Santo: outros olhares”:

Espírito Santo: outros olhares – o início do Projeto

Santa Teresa: um olhar pelo blog Capixaba na Estrada

Vale do Moxuara: um olhar pelo Blog Dia de Folga

 

Vamos descobrir mais sobre o Espírito Santo? Veja também:

Mosteiro Zen Budista em Ibiraçu

Museu da Vale

Pedra Azul e arredores

 

ORGANIZANDO SUA VIAGEM:

Buscando um hotel ou apartamento? No Booking você encontra diversas opções e ajuda o Blog a crescer sem qualquer custo na sua diária!

Alugue seu carro com a Rentcars, parceira do Blog!

Precisa de um seguro saúde, faça a cotação com nosso parceiro: Seguro Viagem Allianz.

Matérias que você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário