Cabo Verde - Ilha de Santiago - Um Olhar Novo
0

Cabo Verde – Ilha de Santiago

Cabo Verde é um país situado na África e constituído apenas de ilhas.

Antes de te dar dicas sobre Cabo Verde, vou contar uma curiosidade: não há população autóctone, ou seja, pessoas que eram nativas do país. Todos os cabo verdianos são originários de relações entre africanos (do continente) e europeus.

Cabo Verde possui 10 ilhas, mas neste post vou contar apenas da Ilha de Santiago (foi a que visitei).

É na Ilha de Santiago que fica a cidade de Praia, capital de Cabo Verde. Com uma população aproximada de 267 mil pessoas, Santiago é uma mistura de cidade, praias e vegetação – sendo que na Praia estão cerca de 150 mil habitantes, sendo a maior cidade do país.

Nada que você conhecer em Cabo Verde vai ser muito diferente de outros lugares do mundo… mas há algo que só há lá: o sorriso e acolhimento dos cabo verdianos. Sinceramente, nunca fui tão acolhida como em Cabo Verde.

Focando no turismo, aqui tem uma lista do que fazer/conhecer em Cabo Verde:

  1. Fazer a “volta à Ilha” – passeio de um dia inteiro para sair de Praia e ir até o Tarrafal;
  2. Conhecer o campo de concentração do Tarrafal;
  3. Tomar banho de mar no Tarrafal, na Prainha e em Quebra Canela;
  4. Ir ao Mercado Sucupira e aproveitar para conhecer o artesanato de Cabo Verde;
  5. Ir ao Mercado Municipal da Praia e se deliciar com as cores, aromas e sabores dos vegetais e frutas que são vendidos (mamão super doce!);
  6. Conhecer a arte urbana espalhada pela cidade;
  7. Passear pela rua 5 de julho– uma rua de pedestres com restaurantes e lojas;
  8. Ir ao miradouro que fica junto ao Palácio da Presidência;
  9. Ver o por do sol em próximo da praia de Quebra Canela;
  10. Ir ao Farol que fica próximo da Prainha;
  11. Visitar a Cidade Velha e o Forte Real de São Filipe.

Com aproximadamente 4 dias é possível visitar com tranquilidade todos estes lugares. Se tiver disponibilidade, durma 1 dia no Tarrafal e aproveite um pouco mais a região.

TARRAFAL

O Tarrafal fica “do outro lado” da Ilha de Santiago, ou seja, no sentido oposto à capital Praia.

Além de uma praia linda, água de coco disponível o tempo todo, e peixe fresco para as refeições, no Tarrafal também fica o Campo de Concentração, onde os presos políticos estiveram por alguns anos.

Praia do Tarrafal

O Campo de Concentração foi criado durante o Estado Novo e abrigou presos políticos portugueses e dos países africanos (especialmente angolanos, guineenses e cabo-verdianos). É aberto ao público, mediante o pagamento de um ingresso/bilhete (custa menos de 5 euros) e as grandes salas contam as histórias do local e de pessoas que passaram por ali.

Campo de Concentração do Tarrafal

MERCADO SUCUPIRA

O Mercado Sucupira é enorme: produtos locais e importados (China, inclusive) se misturam aos cheiros dos temperos e também das refeições prontas.

Vende-se de tudo no Sucupira: dos chinelos Havaianas, às roupas produzidas com capulana e também uma cachupa (ou os ingredientes para preparar).

Mercado Sucupira

Antes das grandes marcas invadirem todos os locais e padronizarem a moda, e o consumo em geral, era no Mercado Sucupira que os moradores da Ilha de Santiago faziam todas as compras.

É um ótimo local para comprar lembranças para presentear e também objetos para recordar esta viagem.

Dica: aceitam negociação e é possível obter desconto.

PLATEAU

No Plateau estão o Mercado Municipal da Praia, a Rua 5 de outubro e também a Presidência de Cabo Verde.

Junto ao edifício da Presidência há um miradouro.

Sede da Presidência de Cabo Verde

Vista do Miradouro junto à Presidência

FAROL

O Farol fica entre a Prainha e a praia Quebra Canela. A vista é sem limites.

Junto ao farol vive o Jorge, faroleiro. Antes de assumir a função, quem cuidava do farol era o seu tio, e foi com ele que aprendeu a cuidar do farol.

Além de ser o responsável pelo farol, o Jorge gosta de ler e de contar histórias. Já esteve com o presidente Marcelo Rebelo de Sousa, antes de ser presidente, e de quem ganhou um livro. É daquelas pessoas que fazem parte da história do país.

O Farol e o Faroleiro

CIDADE VELHA

A Cidade Velha é a origem de Cabo Verde, a primeira cidade e capital do país.

Inicialmente tinha o nome de Ribeira Grande, nome hoje da divisão geopolítica onde se encontra. A cidade se inicou em 1462 com a chegada dos portugueses.

Era neste local que todas as compras e vendas eram feitas, e, infelizmente, também o comércio de escravos.

Junto à Cidade Velha está o Forte Real de São Filipe.

É patrimônio mundial da UNESCO desde 2009.

Cidade Velha

Onde ficar em Praia, Cabo Verde:

O Hotel Pérola tem um ótimo custo/benefício e fica super bem localizado. É possível ir à praia caminhado, em alguns restaurantes e até mesmo no Mercado Sucupira (se gostar de caminhadas um pouco mais longas).

Hotel Pérola – um pouco do café da manhã e da vista

Você pode fazer sua reserva aqui.

Neste post tem tudo bem explicado sobre o Hotel Pérola.

Outras sugestões:

  1. Pestana Hotel
  2. Oásis Hotel

Bons restaurantes:

No Mercado Municipal da Praia é possível fazer refeições. No entanto, se você prefere restaurantes, aqui tem uma lista com restaurantes ótimos, seja para o almoço ou jantar.

Arte Urbana pelas ruas da Praia

A Ilha de Santiago é um excelente destino para férias, e também um ponto de partida para conhecer outras ilhas do arquipélago.

Se precisar de alguma dica adicional, ou tiver alguma dúvida, deixe um comentário para eu poder te ajudar.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM:

Buscando um hotel ou apartamento? No Booking você encontra diversas opções e ajuda o Blog a crescer sem qualquer custo na sua diária!

Se preferir o Airbnb, faça seu cadastro e reserva por aqui!

Pensando em uma #roadtrip ? Alugue seu carro com a Rentcars, parceira do Blog!

Para viajar para Portugal, Cabo Verde ou Itália, você pode fazer o PB4.

Já segue o blog nas redes sociais? Aproveite: curta e compartilhe!

Facebook:Um Olhar Novo

Instagram: @blogumolharnovo

Twitter: @UmOlharNovo

Matérias que você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário

error: Content is protected !!