4

Águeda

Águeda fica a aproximadamente 280 km (duzentos e oitenta quilômetros) de Lisboa. Por isso, não sugiro um “bate-volta” a partir de Lisboa, mas vale super a pena fazer se estiver no Porto.

Além disso, é um excelente destino para uma roadtrip por Portugal: conjugue com Aveiro, Coimbra, Nazaré, Fátima, dentre tantos outros destinos lindos da Terrinha.

Mas, por que ir a Águeda? A cidade fica toda enfeitada no verão em razão do festival “AgitÁgueda”.

Várias sombrinhas (chapéus de chuva) são colocados nas ruas do centro permitindo uma explosão de cores (e fotos lindas) – trata-se do Umbrella Sky Project, e que acabou por levar Águeda há muitos países.

Em decorrência do festival, o mês de julho de cada ano altera completamente a cidade: são vários show musicais, com talentos de renome nacional.

Que tal se programar para o próximo ano? Você pode acompanhar as notícias no site oficial do evento.

Por si só, já deixa um clima bem diferente.

Mas há um outro motivo para ir a Águeda: a arte urbana (street art). A cada dia Portugal se mostra mais moderno, misturando a história com traços de artistas que enfeitam muros, praças, prédios.

Há obras de Bordalo II, Eime e muitos outros. Artistas que já deixaram sua marca em vários pontos de Portugal, como em Lisboa, e te conto no post sobre Street Art em bairros super tradicionais.

Pisco de Bordalo II

O aplicativo (app) agitágueda urban art te mostra o caminho a percorrer para conseguir encontrar cada uma das obras!

Lenda da Ponte do Alfusqueiro de Mário Belém

 

Bira! Colectivo Nora

O que mais visitar:

O Parque da Alta Vila, considerado o pulmão da cidade, é um bom local para um pic nic, descanso, caminhada. São mais de 30 mil m² de área verde.

O Conservatório de Música está bem no centro da cidade e é um prédio lindo! E bem em frente a ele há mais uma arte urbana.

Pateira de Fermentelos: é considerada a maior lagoa natural da Península Ibérica – fica mais afastada do centro, no caminho para Aveiro.

Entrada do Parque Alta Vila

Onde se hospedar:

O Booking dá opções de hospedagens em Águeda e nas proximidades.

Se quiser pernoitar na cidade, o Águeda Hostel & Friends fica super bem localizado.

Uma boa opção é dormir em Aveiro, e o Meliá Ria Hotel é excelente. Passei um reveillon inesquecível por lá, e contei neste post!

 

Ainda não fez seu seguro viagem? Faça a cotação com nosso parceiro: Seguro Viagem Allianz! 

 

Venha DESCOBRIR PORTUGAL!

O ponto mais ocidental da Europa: Cabo da Roca

Visitando Cascais em 1 dia!

A vila de Óbidos

Precisa transferir dinheiro para o exterior? Clique aqui, cadastre-se no TransferWise e ganhe uma transferência sem custos!

 

Que tal um ROTEIRO PERSONALIZADO? Entre em contato e organizamos sua viagem!

Matérias que você pode gostar também

4 Comentários

  • Responder
    Deivson
    23/09/2018 em 23:44

    Tô apaixonado pelo festival! Torcendo pra conseguir ir no próximo.

  • Responder
    Viajento
    02/10/2018 em 20:43

    Nunca tinha ouvido falar nessa cidade – e olha que eu fiquei hospedado alguns dias no Porto, passeando pela região. Certamente vai entrar em um roteiro futuro pelo país.

    • Responder
      Ana Carolina
      03/10/2018 em 05:06

      Fico feliz que tenha a conhecido um pouco através do Blog. Mas é sempre bom ter motivos para voltar a um lugar, e agora, já tem!

    Deixe um comentário