3 dias por Lisboa - um roteiro para chamar de seu! - Um Olhar Novo
6

3 dias por Lisboa – um roteiro para chamar de seu!

 

“Lisboa no meu amor deitada
Cidade por minhas mãos despida
Lisboa menina e moça amada
Cidade mulher da minha vida”
 
(Trecho do Fado Lisboa Menina e Moça, composta por Ary Dos Santos / Fernando Tordo / Paulo Carvalho) Se quiser ouvir, clique aqui e veja um vídeo especial!
 

LISBOA

Lisboa é uma cidade linda, super fotogênica, cheia de história, e nos sentimos em casa: tem a cara da casa da avó, o cheiro da comida feita pela tia, uma sobremesa que é a predileta do pai.

 

bonde passando pelas ruas de Lisboa

O mais gostoso é poder perceber que, mesmo cheia de referências antigas e ar bucólico, a cidade é bem moderna, com muitos miradouros que permitem apreciar a vida, e estrutura de cidade grande – anda-se bem com transporte público por todo o lugar, há segurança, e todo o tipo de serviço.


Para aproveitar bastante toda a cidade, e ficar com mais vontade de retornar, segue um roteiro de 3 dias pelos principais pontos turísticos!
 
Conhecida como “Cidade das 7 colinas”, prepare-se para desbravar andando e apreciando cada cantinho. Se ficar cansado, aproveite uma das pastelarias deliciosas do caminho para uma pausa.

Quer saber o que fazer em Lisboa? Vamos lá que te mostro um roteiro bem legal para conhecer ao máximo a cidade!

1º DIA:

A parte mais antiga de Lisboa, e que representa muito a cidade, é o início da exploração! Ande muito pela Alfama, Rossio e Chiado.

Sugiro começar pelo bairro Alfama. O bairro mais antigo de Lisboa, e que menos sofreu com o terremoto de 1755, abriga várias casas de Fado, miradouros, o Teatro Romano e o Castelo de São Jorge.

ruas de Alfama
Você pode pegar o Elétrico 28 (bonde) na Praça Martin Moniz e descer já bem próximo do Castelo. Aproveite o caminho para ver os azulejos que cobrem os prédios e as ruas estreitas.
 
A visita ao Castelo de São Jorge é quase obrigatória! Você vai gastar, pelo menos, 1 (uma) hora por lá. Ande, tome um vinho com vista (wine with a view), observe a cidade pela câmara escura (através de um espelho, vê-se Lisboa ao vivo!)

 

vista de lisboa pelo castelo de são jorge
Saindo do Castelo, passe pela Rua dos Cegos para chegar até o Miradouro Portas do Sol – ruínas e arte de rua enfeitam o caminho. No Miradouro fica a estátua de São Vicente (padroeiro de Lisboa), e uma vista linda do rio Tejo. Também é possível ver o Panteão Nacional Português: lá ficam os túmulos dos Reis e da fadista Amália Rodrigues.

 

Miradouro Portas do Sol - Lisboa

 

Descendo no sentido da Baixa pare na Sé de Lisboa, a principal Igreja católica da cidade, e entre na Igreja de Santo Antônio. Santo Antônio nasceu no local da Igreja que leva seu nome e foi batizado na Sé. Em junho, mês de seu aniversário, Alfama fica totalmente festiva e você não pode perder as ruas cheias de alegria, cor, comida e música.

Igreja da Sé de Lisboa vista do alto do Arco da Rua Augusta

 

Chegue ao Teatro Romano e observe ruínas romanas que datam do Século I – já sabia que existiam em Lisboa?

Siga até o Rossio. Uma das praças mais bonitas da cidade é a Praça D. Pedro IV – as fontes e o Teatro Nacional D. Maria II ao fundo permitem voltar no tempo. Se fora hora de um café, aproveite a Confeitaria Nacional, ícone da cidade, em funcionamento desde 1829.

 
praça Lisboa com teatro D. Maria ao fundo

 

Ao lado está o Chiado. Para muitos, o sítio mais charmoso de Lisboa. Nele há muitas “lojas com história”, bares, restaurantes, e a famosa pastelaria A Brasileira – local no qual fica a estátua de Fernando Pessoa, que a frequentava.
 

Aqui abrem-se duas opções: subir pelo Elevador Santa Justa ou seguir andando. Se subir pelo Elevador, sairá na Igreja do Carmo, mas se seguir andando, poderá aproveitar a Rua Garrett e chegar até a Igreja também.

Vista lateral do elevador santa justa com o castelo de são jorge ao fundo

 

(Se tiver ido pelo Elevador, siga para o Largo de Camões)
 

Se seguindo andando, verá, primeiramente, que é também no Chiado em que fica o Largo de Camões – e o das Três Igrejas! Confesso que achei muito curioso ver três Igrejas tão juntas (duas ficam de frente uma para a outra). De lá, siga para a Igreja do Carmo. 

praça Camões e igrejas ao fundo

 

A Igreja do Carmo, embora sem o teto, é uma construção linda. Vale a pena entrar e conhecer (além de tirar muitas fotos!). Suas atuais ruínas são decorrência de um incêndio e do terremoto de 1755.
 

Chegando ao final do dia, siga até o Miradouro Santa Catarina (Adamastor) e aprecie o por-do-sol. Confesso que é o meu predileto, e acho imperdível!

miradouro adamastor lisboa por do sol

2º DIA: 

 
O roteiro em Lisboa é sempre cheio de luz! Inicie o dia no Terreiro do Paço (Praça do Comércio). Aproveite para ver o Arco da Rua Augusta (e subir nele!). Pela manhã, a praça está mais vazia e é possível apreciar com calma.

 

Terreiro do Paço Lisboa
Ande até o Cais do Sodré pela margem do rio Tejo. A área está revitalizada e é bem convidativa.
 
Chegando ao Cais do Sodré, pegue o comboio (trem) até Belém.
 
Em Belém estão os famosos Pastéis de Belém: impossível comer um só (ou apenas dois!!). Aproveite!!! Dica: a fila na área externa é apenas para “take away”, ou seja, comprar e levar. Se quiser se sentar, pode entrar direto, e ir em busca de mesa (é enorme!).

 

pastel de Belém
Três monumentos principais devem ser visitados em Belém: o Mosteiro dos Jerônimos, o Padrão dos Descobrimentos e a Torre de Belém, mas o bairro tem muito mais!

 

Torre de Belém - Belém - Lisboa
Torre de Belém

Se você só tiver mesmo três dias em Lisboa, muitos motivos ficarão para retornar.

Às segundas-feiras os monumentos estão fechados, logo, se tiver interesse em entrar em cada um, não é um dia a visitar. Por outro lado, caso não queria conhecer por dentro, é o dia em que o bairro fica mais vazio. Sempre há muitas opções sobre o  que fazer em Lisboa, então, a programação pode mudar um pouco a depender dos interesses.

monumento dos descobridores - belém
Padrão dos Descobrimentos

O Mosteiro dos Jerônimos é, para mim, um dos monumentos mais bonitos de Portugal, e o mais lindo de Lisboa. Acho que vale visitar por dentro também.

Mosteiro dos Jeronimos com praça na frente em Belém
Mosteiro dos Jerônimos

Em Belém fica, ainda, o MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia. Com a inauguração deste, falou-se que Lisboa era a nova Berlim. O que você acha?

É também em Belém que está o Palácio do Governo, e há troca da guarda no segundo domingo do mês.

Há muito verde, parquinho, e o rio Tejo. É um excelente passeio para com a família, ideal para um piquenique!

Jardins de Belém em Lisboa com muitas árvores e uma construção oriental amarela

No final do dia, duas sugestões aparecem: Ver o por-do-sol no MAAT (em cima deste) ou seguir para o LX Factory.

Museu MAAT em Belém com o Rio Tejo ao lado

O LX Factory (site oficial) fica em Alcântara. No local funcionava uma fábrica, que após ser desativada, deu lugar a um prédio de escritórios e cheio de opções gastronômicas, lojas com lembranças bem diferentes de Portugal, arte de rua. Acho o espaço super legal, moderno, descolado. Saudades do Brasil, vá até o bar Rio Maravilha, aprecie a vista do rooftop e beba caipirinha!


3º DIA:

Dia de conhecer a parte mais nova de Lisboa! O Parque das Nações foi revitalizado para a Expo 98 – Exposição Internacional de Lisboa de 1998, cujo tema foi “Os oceanos: um patrimônio para o futuro”.

Estação oriente em dia de sol

Prédios modernos, vários escritórios, uma estação de comboios (trem) que te leva para várias cidades de Portugal, e dois lugares muito legais para se conhecer: o Oceanário e o Pavilhão do Conhecimento.

O Pavilhão do Conhecimento sempre tem exposições diferentes, atividades para crianças, e até dia para levar seu amigo de 4 patas! Você pode ver a programação aqui!

O Oceanário de Lisboa, eleito em 2017 como o melhor do mundo, é imperdível para todas as idades! São vários aquários, com ecossistemas de todos os oceanos. Há várias atividades promovidas, como a possibilidade de “dormir com os tubarões” (datas específicas). Não deixe de ir! Horários, valores e programações, confira no site.

Oceanário com boneco Vasco na água e ave voando

Passeie pela margem do rio Tejo, ande de teleférico, aprecie os jardins.

Parque das Nações área livre com o oceanário do lado direito, pessoas caminhando


Se quiser ver como era a área antes da EXPO98, acesse o site da NIT e veja a recente reportagem, com várias fotos do “antes e depois”.

Voltando para o centro de Lisboa, vá para o Parque Eduardo VII, mais um dos lindos jardins de Lisboa, e desça até a Avenida da Liberdade.

Parque Eduardo VII visto de cima, com bandeira de Portugal

Se for sua última noite em Lisboa, escolha entre ir no Mercado da Ribeira, Gourmet Experiences do El Corte Inglés (vista abaixo) ou um dos restaurantes deliciosos que a Terrinha te apresenta!

vista de Lisboa pelo alto do El Corte Inglés

Claro que há muito mais para conhecer em Lisboa! O bairro do Príncipe Real, os Jardins da Estrela, o Mercado do Campo de Ourique, a casa Fernando Pessoa, museus, Igrejas, além de inúmeros restaurantes, pastelarias, rooftops.

campo pequeno

Tenha certeza que sempre haverá ótimos motivos para voltar a Lisboa, pois há muito o que fazer na cidade!

Se quiser uma dica bem especial, um roteiro personalizado de Lisboa, entre em contato!

Hospedagem em Lisboa? No Booking você encontra diversas opções e ajuda o Blog a crescer sem qualquer custo na sua diária! Se ainda não é cadastrado, clique aqui, faça seu cadastro, e ganhe R$ 50,00 de crédito em uma hospedagem!

 

Precisa transferir dinheiro para o exterior? Clique aqui, cadastre-se no TransferWise e ganhe uma transferência sem custos! 

 

Já segue o blog nas redes sociais? Aproveite: curta e compartilhe!
Facebook:Um Olhar Novo

Instagram: @blogumolharnovo

Twitter: @UmOlharNovo

 


Quer ver mais sobre Portugal? “Bate-volta” a partir de Lisboa:
 
 
 

 

arte com o nome Lisboa por Bordallo II

 

Vamos a outros olhares sobre Lisboa? Dicas imperdíveis sobre o que fazer em Lisboa! Anote tudo e faça seu roteiro bem especial!
 
O blog Viajante Comum dá dicas sobre conhecer Lisboa em uma primeira visita!
 
O que fazer no primeiro dia em Lisboa? O blog Guia & Turismo te dá a dica!
 
No Rotas Capixabas você pode conferir a experiência de visitar o Oceanário com bebês – e já te digo: é imperdível!

Matérias que você pode gostar também

6 Comentários

  • Responder
    Vivian Bernhard
    23/05/2018 em 16:54

    Amei! ��

  • Responder
    Ana Carolina Santos
    23/05/2018 em 16:55

    Que bom!! Fico feliz! 🙂

  • Responder
    Claudia Bins
    01/06/2018 em 07:42

    Que roteiro delícia! Dá vontade de ficar até mais! 🙂

  • Responder
    Ana Carolina Santos
    01/06/2018 em 07:42

    A gente quer ficar muitos dias do ano, né?! Que bom que gostou!

  • Responder
    Viajar pela Royal Air Maroc e dormir no Marrocos - Um Olhar Novo
    28/09/2018 em 14:41

    […] Roteiro de 3 dias por Lisboa […]

  • Responder
    O dia em que mudei de casa - minha mudança para Portugal - Um Olhar Novo
    28/09/2018 em 14:44

    […] Para conhecer um pouco de LISBOA!   Onde comer doces, tomar um café e aproveitar um brunch   Museu do Oriente em Lisboa – os […]

  • Deixe um comentário

    error: Content is protected !!